COMUNICADO

Seguindo determinações da Prefeitura de Nova Friburgo, a Fundação D. João VI, que é uma instituição pública de direito público, suspenderá suas atividades administrativas no período de 23/03/2020 a 27/03/2020.

Contudo, continuaremos atendendo pelo e-mail ndigital@djoaovi.com.

Agradecemos a compreensão de todos.

ACERVO DIGITAL AGORA EM NOVA PLATAFORMA

A partir de agora, o acesso ao acervo digital se fará através de uma nova plataforma, denominada PRÓ-MEMÓRIA DIGITAL, que é parte do ecossistema da Fundação D. João VI de Nova Friburgo. Assim, o portal principal, www.djoaovi.com se limitará aos conteúdos institucionais e de interesse público.


VISITE O NOVO SITE

promemoriadigital.djoaovi.com

NOTA IMPORTANTE

Como parte desta mudança, o antigo portal www.djoaovi.com.br será desativado a partir de 01/4/2020. Cabe esclarecer que este portal foi fruto da primeira experiência, junto aos trabalhos de digitalização do Arquivo Pró-Memória, em 2009, antes mesmo da criação da Fundação D. João VI de Nova Friburgo. Contudo, o domínio será mantido e direcionado para o site institucional, em conjunto com o já existente www.djoaovi.com

JORNADA 1819

GOOGLE EARTHSaiba mais

Há 200 anos atrás, em fevereiro de 1819, chegava no porto do Rio de Janeiro o navio Urânia, trazendo o primeiro grupo de imigrantes suíços, para colonizar a recente vila criada no alto da Serra da Boa Vista. Vamos relembrar essa jornada, uma aventura dramática. de tirar o folego. Navegue pelo Google Earth, através da rota seguida pelos colonos, desde Estavayer-le-Lac até o Rio de Janeiro e depois através da baixada fluminense, até atingir a região serrana, onde foi erguida a Villa de Nova Friburgo.

EXPOSIÇÃO DE FOTOS


Um passeio por Nova Friburgo através dos olhos de Regina Lobianco

CARLOS DRUMMOND DE ANDRADE

Seus Primeiros Escritos

31 de outubro de 2019, data comemorativa dos 117 anos do nascimento de Carlos Drummond de Andrade. A homenagem da Fundação D. João VI de Nova Friburgo ao grande poeta, traz novamente ao público o registro dos seus primeiros escritos.

Mais precisamente no ano de 2012, durante os trabalhos de digitalização do Arquivo Pró-Memória, foi possível encontrar, nas páginas do periódico Aurora Collegial, uma coletânea de nove crônicas de Drummond, com apenas 16 anos de idade, quando então aluno do Colégio Anchieta, em Nova Friburgo.

“Vida Nova” - Aurora Collegial, 14 de abril de 1918 - pág. 2

“Maio” - Aurora Collegial, 30 de abril de 1918 - pág. 1

“História do Pinto Pelado” - Aurora Collegial, 25 de maio de 1919 - pág. 4

“Uma Noite em Senegambia” - Aurora Collegial, 31 de julho de 1919 - pág. 3

“Uma Data” - Aurora Collegial, 17 de agosto de 1919 - pág. 1

“X é um Rapaz” - Aurora Collegial, 31 de agosto de 1919 - pág. 2

“Primavera” - Aurora Collegial, 18 de setembro de 1919 - pág. 2

“Calor, Exame e o Nariz de Cleópatra” - Aurora Collegial, 30 de setembro de 1919 - pág. 1

“Conversa Fiada” - Aurora Collegial, 19 de outubro de 1919 - pág. 3