FEED DE NOTÍCIAS

É com pesar e indignação que a Fundação D. João VI se solidariza com o Museu Nacional, instituição que, assim como nossa cidade, atingiu seus 200 anos em 2018, mas que teve sua próspera vida ceifada pela ganância, desmazelo e abandono de um Estado que encara cultura como gasto e educação como privilégio.

Artefatos raros, únicos, de centenas e milhares de anos, de valor imensurável para o Brasil e para a humanidade, gerações de dedicação e pesquisa, um prédio tombado como patrimônio e palco de fatos decisivos: tudo lambido pelo fogo. Nossas história e memória científica sacrificadas nesse mórbido ritual em que o Brasil é ofertado desde sua gênese.

Já dizia Mário de Andrade que a cultura de nosso país é construída sob os martírios e a doação de almas dos que querem ver essa nação grande e imponente. Hoje, no entanto, mais do que nunca, nos faltam forças para seguir nessa bela e ingrata missão.

É doloroso encarar as cinzas em que se transformaram uma parte decisiva e irreversível de nossa identidade e discernir que, sob o esqueleto do palácio, só restaram as esculturas das musas, até o fim protegendo as artes e a história, mas, que agora, são só fantasmas a entoar um réquiem eterno e retumbante.

Agora é possível acessar a versão digital do livro "Nova Friburgo 200 anos: da memória do passado ao projeto de futuro", que foi lançado no âmbito das comemorações do bicentenário de Nova Friburgo. A obra narra mais de dois séculos de história, desde o período anterior ao decreto de criação da colônia, em 1818, até os dias atuais, tomando como base a evolução urbana da cidade.

Com este livro, a história de Nova Friburgo poderá ser acessada de forma simples possibilitando a quebra das habituais barreiras que afastam e fazem com que grande parte da população permaneça excluída e não pertencente ao saber historiográfico, sobretudo no tocante aos estudantes. Pela primeira vez, as escolas disponibilizarão, em um único material, da história de Nova Friburgo de maneira prática, qualificada e agradável. Um recurso pedagógico que poderá despertar novos caminhos para os estudos sobre nossa cidade. O objetivo do livro Nova Friburgo 200 anos é, portanto, permitir a difusão do conhecimento democraticamente, de forma que todo cidadão friburguense possa ter acesso e se ver parte e sujeito da história de sua cidade.

A versão digital do livro também está acessível para leitores com deficiência visual.

Nas últimas semanas concluímos a migração da plataforma Google G-Suite, que utilizávamos desde Fevereiro de 2014, para a plataforma Google for Education, agora disponível gratuitamente, através do programa Google for Nonprofits. Contudo, como antecipamos no site anterior, fomos obrigados a reorganizar todo o nosso acervo digital, migrando de uma plataforma para a outra. Um trabalho complexo e demorado que ainda levará algum tempo para ser concluído. Assim, estando o novo site publicado, vocês poderão acompanhar o progresso desse trabalho a cada dia na aba Arquivo / Acervo Digital. Os primeiros acervos já estão disponíveis. Você pode conferir consultando a Tabela de Conteúdos.

Conheça o projeto...